Ocorreu um erro neste gadget

9/04/2006

Embalagem

Agora que tenho uma "fornecedora" maravilhosa de filtros e microondulado estou "botando pra quebrar", ou melhor, para tingir. Gostei especialmente dessa combinação de cores. O laço de fio de juta verde foi arrematado por mini búzios.

9/03/2006

Não lembro de que bebida era esta garrafa. Não deve ser de vinho.
Fiz uma textura em tons de amarelo e ouro.
Fiz também uma tampa dourada, para combinar com o medalhão em relevo.
Só que demorou a secar e não tive paciência de esperar até o verão.
Mais uma embalagem de reutilização; desta vez, uma caixa de aveia. Trabalhei basicamente com marron e amarelo. O "fecho", desta vez foi feito de cipó fatiado. A "tag" mistura jornal japonês, stickers que a Lena me enviou, juta e papel artesanal. Uma verdadeira salada... internacional, hehe, bem do jeito que gosto!

Conchas &... canela!

Há anos fiz essa "cortina" de conchas entremeadas com pauzinhos de canela. Essas compridas vieram de além-mar, trazidas por mamãe. Chamam-se canivetes. Simplesmente adoro esses canivetes. Pena que só tenha esses. Se alguém quiser encomendar, até faço. Mas tem que me fornecer os canivetes.

Portas do século passado

Parece coisa de castelo de conto de fadas, mas são reais. Andavam tristinhas no fundo de uma caixa de charutos importados (conservo a caixa). Achei tão lindas!!! Tão cheias de mistérios, de lembranças de cenas do cotidiano de um tempo em a vida fluía docemente ao sabor das horas...
A peça em cima à esquerda é um cadeado...
com segredo!!! Imagine-se para quê... para prender o quê... ou quem!...

O conteúdo da caixinha rosa

Aí está a peça para a qual a caixinha rosa com origami na tampa foi criada: uma saboneteira que mistura uma concha resgatada em Salinas (RS) e enfeitada por outras, nacaradas, que vieram de uma praia d'além-mar. Achei que ficou uma lusobrasilidade muito interessante.

A caixinha rosa com o presente...

Aí está a caixinha com o devido conteúdo. Ao invés de cartão, foi acompanhada de etiqueta.