Ocorreu um erro neste gadget

12/02/2007

Meu amado companheiro Astérix

Esta é a última foto que tenho dele: com a patinha escondendo os olhos por causa da luz acesa enquanto eu, ao lado, navegava nas madrugadas. Foi aí nessa caminha que o vi partir. Ainda dói, muito. A presença alegre e brincalhona do bebê Zulou ameniza a dor, mas ela vai durar por muito tempo ainda... Meu querido amigo de todos os bons e maus momentos, onde quer que estejas continuas meu. Não quero os dois pequenos arranhões que fizeste sem querer no meu pulso direito, por culpa minha, desapareçam. Assim fica para sempre selado nosso pacto de amor incondicional.

Um comentário:

steluccha disse...

AMIGA, NÃO ME FALE EM BICHINHOS QUE SE FORAM. FORAM PARA O CÉU DOS CÃES - 3 PASTORES E 1 VIRA-LATINHA.
MAIS 2 GATINHAS SUPER CARINHOSAS.
ATÉ AGORA QUANDO ESCREVO, FICO COM OS OLHOS CHEIOS D'ÁGUA.
BEIJOCAS,
STELA