Ocorreu um erro neste gadget

12/02/2007

Natal diferente

Minha árvore de Natal este ano será essa: lista telefônica de 2001 (início dos tempos difíceis - espero que a transformação nela em algo bonito também transforme a minha vida daqui para a frente em algo melhor. A árvore tradicional, que nos acompanha há vários anos, este 2007 não vai sair da caixa onde está guardada. O Zulou, com sua sapequice e seu talento inato para pular e brincar com tudo que encontra iria derrubá-la várias vezes ao dia. Pensando bem, é melhor assim... a outra também me trás lembranças de natais tristes. Aliás, sempre fico deprimida no Natal. Antes pensava que era estresse. Hoje sei que é saudade daqueles natais gelados em Lisboa, das montras cheias de bonecos e de gulodices, das muitas luzes, da felicidade. Tenho que lá ir breve, resgatar esses bons momentos.

4 comentários:

arteira disse...

Linda, linda! Duas mil páginas? Ou duas mil dobraduras? De qualquer forma, um trabalho de muita paciência e esmero. Fico feliz por ter visto sua árvore ao vivo e a cores, mais de uma vez.
Ah! quando voltares a Lisboa quero ir contigo, creio que não haverá melhor cicerone... Estive por lá ( e também no Algarve)há muitos anos, naquela época do curso de Administração de Turismo em Turim e, mesmo sem laços afetivos maiores, adorei a cidade.
Bjsss...

taniamaria.cunha disse...

OI, MARIELA !!!!!!!
SEUS TRABALHOS ESTÃO SHOWWWW!!!!
ADOREI TUDINHO !!!!!!!
BJS
TANIA MARIA

robiscuit disse...

Tá linda sua arvore de Natal; Apaixonei no seu móbile de cds, vou tentar copiar tá? Não deixe a tristeza penetrar no seu coração, você é muito forte e muito doce ao mesmo tempo; tenho muito admiração pelo seu trabalho e pela sua força que sempre marca cada novo trabalho

beijin
Rosangela

Mariela da Torrinha disse...

Agradeço muito a vocês pelo constante apoio, compreensão e generosidade nos elogios. Amo vocês!