Ocorreu um erro neste gadget

9/08/2007

Meus diletos desta linha de montagem..

Às vezes me pergunto por quê essa preferência pelo oriente, pelos riscos, por certas cores. Andei me analisando a esse respeito ultimamente. Descobri a razão (inconsciente) da escolha pelo vermelho e pelo verde. Não foi difícil descobrir nessas duas cores a bandeira de meu país. Mas essa quase obsessão pelo negro e pelo laranja... ah, isso deve ter outra explicação.

Parceria e projeto saindo do papel...

Esse certificado do Sebrae estava guardado, há meses.
Decidi dar-lhe o merecido destaque.
A mudança do nome, a nova postura diante da vida,
a retomada de meu projeto durante o curso está agora presente e definida;
a certeza de que ele é exequível é, para mim, uma realidade incontestável.
Cada vez mais próxima.

Fragmentos de papel artesanal

Mais fragmentos de papel artesanal transformados em cartões. Os "stickers" com "Feliz Aniversário", garimpei sem querer numa loja, quando procurava outro material, que não encontrei, hehehe

Cartões tamanho médio com retalhos de papel artesanal

Sempre tenho muitos retalhos de papel artesanal. Algumas vezes é a única coisa que realmente me agrada fazer: combinar retalhinhos, compor formas, na maior parte das vezes irregulares e geométricas. E misturar flores naturais secas, recortes, cascas, fiapos. Nesses momentos, o tempo pára, a vida fica em "stand by", a alma se libera e voa para outros tempos, outros espaços, alguns imaginários - logo, potencialmente reais.
A foto não ficou muito nítida. Era um desses relógios de propaganda.
Fiz découpage com borboletas e agora alegra o meu ateliê. Isso não significa
que ele cumpra o seu papel. Só trabalho bem, desligada do passar das horas.

Mini-cartões em papel artesanal

Uma das paredes do meu "web-sttudio"